Grupo Caliente assume Querétaro

Negócio
Grupo Caliente assume Querétaro

Grupo Caliente assume Querétaro

Uma empresa do setor de jogos e apostas esportivas adquiriu um tradicional clube de futebol do México.

O Querétaro agora será gerido pelo Grupo Caliente. A nova administração assume o clube a partir do ano que vem.

O Grupo Caliente vai estar à frente de três equipes do futebol mexicano. Antes de acertar com o Querétaro, a empresa, que é dona de uma rede de cassinos, já era proprietária do Tijuana e do Dorados de Sinaloa.

A expectativa para este começo de gestão é que não haja investimentos exorbitantes no clube. 

O Querétaro fez boa campanha na atual edição do Campeonato Mexicano. Chegou às quartas de final, quando acabou sendo eliminado pelo Necaxa.

Ronaldinho já defendeu Gallos Blancos

Fundado em 1950, o Querétaro é um clube muito tradicional no México, embora nunca tenha conquistado o título nacional.

A equipe foi vice-campeã uma vez, em 2015.

Um dos pontos mais altos da história dos Gallos Blancos foi quando Ronaldinho Gaúcho vestiu a camisa do clube.

Em 2014, o craque deixou o Atlético-MG e acertou contrato de dois anos com o Querétaro.

A experiência de Ronaldinho no México, no entanto, não foi das mais positivas. No ano seguinte, ele deixou a equipe após passagem de pouco brilho.

Atualmente o Querétaro é dono dos direitos federativos do goleiro Tiago Volpi, que está emprestado ao São Paulo.

Atualmente no São Paulo, Tiago Volpi se destacou defendendo a meta do Querétaro (Getty Images)

O atleta defendeu o clube mexicano em quatro temporadas e chegou ao Morumbi no início deste ano. O contrato de empréstimo de Volpi, que tem agradado à torcida são-paulina, vai até o fim de 2019.

Foto: Getty Images

Relacionadas

Betano chega ao Brasil
Negócio

Betano chega ao Brasil

Grupo Betano inicia sua operação no Brasil com funcionalidades inovadoras e um ambicioso plano de crescimento.