Mais de R$ 1 bilhão deixou de ser entregue a ganhadores da Mega-Sena

Loterias
Bilhetes da Mega-Sena marcados

Mais de R$ 1 bilhão deixou de ser entregue a ganhadores da Mega-Sena

Ganhar na Mega-Sena é o momento de realização na vida de uma pessoa.

Certo?
Para muitos, sim. Mas não para todos. Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de R$ 1,2 bilhão deixaram de ser embolsados por vencedores do prêmio desde que a loteria foi criada, em 1996.
Os prêmios devem ser recolhidos em até três meses após a realização do sorteio. Para pegar a quantia a que tem direito em caso de acerto das dezenas, o apostador precisa comparecer a alguma casa lotérica credenciada ou a agências da Caixa. 
Quando o prazo para os ganhadores buscarem o prêmio expira - 90 dias - os valores seguem para o tesouro nacional e são aplicados no FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). Só nesses primeiros meses de 2019, 15,6 milhões de reais não foram entregues aos vencedores.
Nesta quinta-feira, mais um sorteio da Mega-Sena vai ocorrer. É o concurso de número 2.147, que será realizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. O prêmio acumulado está em R$ 125 milhões, valor que é o 18º maior da história da loteria. Concorrer na Mega-Sena é fácil. As apostas podem ser feitas até às 19h do dia do sorteio em qualquer casa lotérica do país ou pela internet. O valor mínimo para se apostar é de R$ 3,50.
Foto: Divulgação

Relacionadas

Tele Sena celebra o 28º aniversário
Loterias

Tele Sena celebra o 28º aniversário

Neste mês de outubro a Tele Sena comemora 28 anos de história. Ao longo desse período, o título já fez mais de 2 milhões de ganhadores, distribuindo mais de R$ 880 milhões em prêmios.