Consórcio Estrela, Min Economia e BNDES se reúnem

Loterias
Consórcio Estrela, Min Economia e BNDES se reúnem

Consórcio Estrela, Min Economia e BNDES se reúnem

A situação do Consórcio Estrela Instantânea continua incerta. O Ministério da Economia informou que o processo foi encerrado porque, após duas prorrogações, o consórcio não comprovou o cumprimento integral das condições prévias à assinatura do contrato de concessão da Lotex, que deveriam ser cumpridas até 21 de setembro.

“Findo esse prazo, não foram cumpridas diversas condições previstas no edital”, afirmou o ministério, acrescentando que o governo e o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) “estão adotando as providências previstas no edital de licitação”.

O BNDES informou, em nota, que já tomou as providências cabíveis previstas no edital e que “notificou o consórcio vencedor em relação à garantia da proposta, no valor de R$ 25 milhões”.

No último dia 03 de novembro, aconteceu uma Audiência em ambiente virtual com representantes do Consórcio Estrela Instantânea, Ministério da Economia e BNDES.  O Subsecretário de Prêmios e Sorteios, Waldir Eustáquio Marques Júnior, o representante do BNDES, Sr. Heldo Vieira e os representantes do Consórcio Estrela Instantânea, Sr. Roberto Quattrini, Sr. Walter Bugno, Sr. Michael Conforti, Sr. Robert Hochstein, Sr. Phil Bauer, Sr. Cláudio Timm e Sr. Jun Makuta participaram da reunião.

No entanto, ainda não foram divulgadas as informações e decisões deste último encontro e a loteria instantânea continua correndo o risco de não entrar em operação.

O Consórcio Estrela Instantânea vencedor do leilão para concessão da Lotex no final de 2019 anunciou que decidiu se retirar do processo de concessão após ter pedidos não atendidos pela Caixa Econômica Federal e pelo governo.

Relacionadas