Petição pública é criada

Legislação
Petição pública é criada

Petição pública é criada

Legalizar os jogos de azar tem sido um debate constante nos últimos meses no Brasil. Há quem defenda a regulamentação da atividade, mas também existe o pessoal que se mantém reticente à liberação de jogos e apostas. 


A turma que deseja a legalização resolveu criar uma petição pública para reforçar a importância da atividade regularizada para a economia brasileira. A alegação é de que a exploração dos jogos de azar pode gerar cerca de 250 mil empregos diretos e aproximadamente 500 mil empregos indiretos. No ano passado, o Brasil teve uma taxa média de desemprego de 11,6%.


Há também um outro benefício que pode ser extraído da legalização, de acordo com os autores da petição. A destinação à Previdência das receitas fiscais que serão originadas pela liberação de jogos como bingos, por exemplo, é algo que pode trazer um reforço de verbas no momento em que o governo discute a reforma da Previdência, o que vem desagradando ao público de uma forma geral.


O objetivo é coletar o maior número possível de assinaturas para que a petição chegue às mãos de parlamentares quando o documento for encaminhado ao Senado e à Câmara dos Deputados. Quem está de acordo com essa ideia pode colaborar no site peticaopublica.com.br.


Até o fim da tarde desta quarta-feira (10), quase 100 pessoas assinaram o documento. Houve quem manifestasse o seu desejo em comentários no site. Um homem citou, inclusive, que apenas Brasil e Bolívia, entre os países da América do Sul, ainda não legalizaram os jogos.  

Foto: Getty Images

Relacionadas