México pede mudança em lei para proteger cassinos

Legislação
México pede mudança em lei para proteger cassinos

México pede mudança em lei para proteger cassinos

A Confederação das Câmaras Nacionais de Comércio (Concanaco) do México está propondo uma proteção para o funcionamento dos cassinos, incluindo os 10 localizados no estado de Tamaulipas. O objetivo é promover o crescimento do setor, gerar novos empregos e afastá-lo da corrupção.

Quem está encabeçando a proposta é Javier Saldívar Rodríguez, vice-presidente nacional da Concanaco. Ele trabalha em uma nova Lei de Jogos e Sorteios perante as autoridades federais, para estabelecer as bases de uma atividade ordenada e segura para clientes e empresários.

Segundo ele, uma nova lei no país é urgente, "para que os cassinos sejam verdadeiros promotores do turismo, gerem melhores empregos, operem com responsabilidade social e que a atividade seja blindada para evitar que continuem sendo pólos de corrupção e violência."

De acordo com a Federação das Câmaras de Comércio (Fecanaco), no território de Tamaulipas existem 10 negócios voltados para o jogo, distribuídos na fronteira com os Estados Unidos.

Ao site noticioso MSN, Saldívar Rodríguez comentou que a nova lei "deve refletir a evolução tecnológica, social e econômica dos grandes centros de jogos e gerar uma delimitação onde as más práticas sejam erradicadas".

“Já estamos trabalhando com o Ministério do Interior para analisar a criação de uma nova Lei Federal de Jogos e Sorteios adaptada à modernidade. O atual já existe há 74 anos e, embora na época fosse um avanço para a autorização, controle e fiscalização dos jogos de azar e rifas da época, hoje está obsoleto e com grandes lacunas que criam oportunidades de vícios e corrupção.” 

Relacionadas