Macau lança processo de licitação

Legislação
Licenças em Macau

Macau lança processo de licitação

O futuro das licenças de jogos em Macau permanecia pouco claro até comentários recentes do diretor executivo Fernando Chui Sai On. O funcionário confirmou que o processo de licitação para uma licença em Macau será lançado antes que os atuais expirem em 2022. O executivo fez o anúncio durante uma Assembléia Legislativa, mas não deu nenhum prazo para isso.

O governo havia acabado de renovar as licenças da MGM China e da SJM Holdings, estendendo-as até 2022. Suas autorizações anteriores estavam previstas para expirar em 2020, mas foram prolongadas para coincidir com o resto do grupo.

De acordo com analistas da Bernstein, os critérios para as concessões provavelmente incluiriam vários compromissos. Isso abrange ofertas não relacionadas a jogos, direitos trabalhistas aprimorados ou condições de trabalho para os funcionários.

Extensão de licença

Autoridades chinesas revelaram que a MGM China e a SJM Holdings receberam uma extensão em suas licenças de cassino até 2022. Ambas as operadoras são obrigadas a pagar uma taxa única de aproximadamente € 20 milhões.

O governo disse que as licenças atuais devem expirar em 2020 e, portanto, foram renovadas para colocá-las na mesma situação das outras operadoras, que já renovaram as licenças. O Wynn Macau, a Sands China, a Galaxy Entertainment e a Melco Resorts & Entertainment terão de se recuperar para suas licenças nos próximos anos, pois devem expirar em junho de 2022.

"Acreditamos que as prorrogações têm mais a ver com a tarefa mais fácil da recuperação de licenças, ao mesmo tempo em que garantimos que o mercado de trabalho permaneça estável", disse Grant Govertsen, analista da Union Gaming em Macau.

Fonte: Focus Gaming News

Relacionadas