Jogos de azar podem ajudar a levantar a economia

Legislação
Jogos de azar podem levantar a economia

Jogos de azar podem ajudar a levantar a economia

O Deputado Federal Pompeo de Mattos (PDT) acredita que, tributando os jogos de azar regulamentados, o país estará em posição de gerar as finanças necessárias para combater a ameaça contínua da crise do COVID-19. O grande número de contas de jogos e apostas no Brasil precisa apenas da vontade política do Poder Executivo e do setor de turismo para passar nas câmaras nas próximas semanas, argumentou. Isso criaria um novo fundo legal para a recuperação da economia no país, que contribuiria para programas de saúde e educação.

"É uma alternativa perfeitamente possível, viável e necessária para reconstruir a economia após a crise do coronavírus", disse ele. “A Câmara está disposta a aprovar o projeto, tudo o que precisamos é que o presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio dêem sinal verde.”

O deputado destacou em entrevista à Rádio Spaço 100.9 FM que o melhor projeto seria aquele que permite cassinos, bingos e Jogo do Bicho. Ele também garantiu que o projeto poderia ser incluído na agenda dos deputados dentro de 10 dias e que a aprovação poderia ser imediata, uma vez que a proposta foi sujeita a vários debates.

"É possível que isso aconteça após a pandemia, porque o jogo no país ajudaria a aumentar, melhorar e fornecer oxigênio. Também geraria impostos, renda para o governo e nos ajudaria a recuperar a economia, criaria empregos”, acrescentou.

Mattos defendeu a legalização do setor na Câmara dos Deputados nos últimos anos e também criou o Projeto de Lei 6405/2009 para estabelecer uma loteria municipal baseada no Jogo do Bicho, um jogo altamente popular que ainda opera fora do marco legal.

Fonte: Rádio Spaço 100.9 FM

Relacionadas