PM da Geórgia pede proibição dos cassinos online

Geórgia pede proibição dos cassinos online

O primeiro-ministro da Geórgia, Irakli Gharibashvili, declarou que o governo aplicará as proteções contra cassinos online mais rígidas de todos os estados do Leste Europeu. A informação foi adiantada pelo site especializado em apostas esportivas SBC News.

Gharibashvili instruiu o governo a adotar uma "abordagem em duas fases" para reformar as leis de jogos de azar da Geórgia. A abordagem impõe proteções rigorosas que significarão um quase "status de proibição" para o cassino online.

O Ministro das Finanças do país, Lasha Khutsishvili, recebeu a orientação de redigir um projeto de lei para sancionar a fase 1 das mudanças que irão impor um “aumento significativo nas taxas de cassino online, proibir a publicidade de cassino online e aumentar a idade mínima elegível para jogar para acima de 25 anos”. 

Após a fase 1 haverá um mandato ainda a ser definido, no qual o primeiro-ministro afirmou que seu governo iria adotar novas medidas para ‘proibir as operações de cassino online’.

Gharibashvili destacou a proteção de deveres econômicos e cívicos na Geórgia para justificar as ações drásticas para conter o mercado de cassino online. O comunicado do primeiro-ministro divulgado pelo site diz que “1,5 bilhão de lari georgianos (€ 460 milhões) são exportados para fora do país por meio de cassinos online. Nossos cidadãos, a geração jovem, jogam em cassinos online diariamente e perdem seu dinheiro”.

Gharibashvili, porém, demonstrou interesse em trabalhar com o Parlamento para encontrar soluções “otimizadoras e razoáveis” para administrar a atividade dos jogos de apostas. Ao mesmo tempo ele acredita que suas ordens drásticas seriam apoiadas pela maioria dos cidadãos georgianos. 

De acordo com o site, ao colocar em prática as ordens de Gharibashvili, "a Geórgia reverterá sua postura pró-indústria, que viu os ex-governos promoverem o igaming como um setor florescente da nação do Cáucaso." 

Não muito tempo atrás, em 2019, a Flutter Entertainment, uma empresa irlandesa de apostas, investiu €100 milhões para adquirir uma participação de 51% na operadora georgiana de jogos de azar online Adjarabet.