PHS leva ação ao Supremo

Cassino
PHS leva ação ao Supremo

PHS leva ação ao Supremo

O Brasil está deixando de arrecadar uma verdadeira fortuna em impostos com a proibição dos jogos de azar. Mais precisamente, 60 bilhões de reais por ano. É o que mostra um estudo da Fundação Getúlio Vargas de acordo com reportagem exibida pelo “Jornal da Band”, na última sexta-feira (18).

Segundo a matéria, o PHS (Partido Humanista da Solidariedade) apresentou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter esse quadro. O objetivo é que as empresas do setor privado possam explorar loterias e jogos relacionados a apostas. O PHS questiona o monopólio estatal no setor das loterias.

Entrevistado pela reportagem da Band, o presidente nacional do partido, Eduardo Machado, afirmou que o cassino gera emprego, renda e desenvolvimento para as cidades. Ainda não há prazo estipulado para o julgamento do processo, que será relatado pelo ministro Edson Fachin.

Conforme apresentou o estudo da Fundação Getúlio Vargas, a legalização do jogo pode fazer com que o país tenha uma arrecadação anual de 180 bilhões de reais no setor.

CASSINOS NO BRASIL 

Os cassinos estão proibidos no Brasil há quase 73 anos. Foi um decreto assinado pelo então presidente Eurico Gaspar Dutra, em abril de 1946, que tornou a atividade ilegal no país.

Entre as razões que levaram Dutra a tomar tal medida, há quem diga que pesou o fato de sua esposa, a primeira-dama Carmela Dutra, conhecida como Dona Santinha, ser católica fervorosa. Ela teria influenciado o marido a acreditar que o jogo era uma atividade pecaminosa.

É sabido também que Dutra queria apagar todos os vestígios do governo ditatorial de Getúlio Vargas, que durante o seu mandato promoveu bastante o jogo no país. Vargas havia regulamentado a atividade em 1933 e, a partir daí, inaugurou diversas casas de jogos no Brasil.

Foi em cassinos, ao longo da década de 30 e durante a primeira metade dos anos 40, que Carmen Miranda fez apresentações inesquecíveis. 

Foto: Getty Images

Relacionadas

Novo golpe ao jogo clandestino de Buenos Aires
Cassino

Novo golpe ao jogo clandestino de Buenos Aires

O jogo clandestino em Buenos Aires continua a proliferar e as autoridades continuam ativas contra ele. As autoridades provinciais realizaram uma nova operação contra o jogo clandestino e prenderam três pessoas em Buenos Aires.