Hard Rock e Caesars Entertainment na BGC 2019

Cassino
Hard Rock e Caesars Entertainment

Hard Rock e Caesars Entertainment na BGC 2019

Os cassinos estão chegando ao Brasil. Embora a indústria não tenha sido legalizada, dois gigantes internacionais tentam desembarcar no país. Por esse motivo, Hard Rock e Caesars Entertainment confirmaram que participarão do BgC 2019.

O Brazilian Gaming Congress (BgC) 2019 reunirá operadores, investidores e legisladores-chave para impulsionar o mercado esperado. Assim, especialistas na indústria de jogos vão explorar o potencial do mercado brasileiro de gaming. E eles serão informados sobre as melhores formas de legislação, que o Congresso está discutindo nessas semanas. O evento deve impulsionar a regulamentação do mercado.

Hard Rock e Caesars em BgC

Esta semana, a Hard Rock International confirmou que o seu SVP Casino Operations, Alex Pariente, participará do evento. Além disso, John Maddox, vice-presidente de relações governamentais da Caesars Entertainment, também fará parte do evento.

Ambos operadores serão palestrantes do "Congresso dos Cassinos: Examinando as Oportunidades e Barreiras à Entrada para Cassinos no Brasil". Os empresários falarão diante de operadores, investidores e funcionários públicos do Brasil.

BgC 2019

"Na BgC, esperamos insights incomparáveis ​​sobre o progresso do governo. Da legalização da aposta esportiva de taxa fixa em 2018 às discussões atuais", disseram os organizadores.

Enquanto isso, o Congresso debate projetos de legalização de resorts de cassinos e outras modalidades de jogo. Por seu turno, o Ministério do Turismo incentiva uma regulamentação completa, uma vez que considera que os cassinos irão beneficiar a indústria do turismo.

Relacionadas

Novo golpe ao jogo clandestino de Buenos Aires
Cassino

Novo golpe ao jogo clandestino de Buenos Aires

O jogo clandestino em Buenos Aires continua a proliferar e as autoridades continuam ativas contra ele. As autoridades provinciais realizaram uma nova operação contra o jogo clandestino e prenderam três pessoas em Buenos Aires.