Cassinos dos EUA registram melhor mês da história

Cassinos dos EUA registram melhor mês da história

O mundo dos jogos de apostas segue em um ritmo de crescimento sem precedentes. Em março, os cassinos dos Estados Unidos registraram o melhor mês de sua história. Nesta quarta-feira, a American Gaming Association (AGA) disse que os cassinos comerciais dos EUA ganharam mais de US$ 5,3 bilhões de jogadores em março. Este é o melhor resultado de um mês em todos os tempos. 

De acordo com levantamento da Associated Press, o mês recorde anterior foi julho de 2021, com US$ 4,92 bilhões. Juntos, os cassinos também alcançaram seu melhor primeiro trimestre de todos os tempos, mas ficaram abaixo dos US$ 14,35 bilhões que ganharam no quarto trimestre do ano passado. Este que foi o período de três meses mais alto da história.

Nesta maré positiva, três estados estabeleceram recordes de receita trimestral no começo deste ano. Arkansas, Flórida e Nova York tiveram receitas US$ 147,4 milhões, US$ 182 milhões e US$ 996,6 milhões, respectivamente.

A agência de notícias destaca que os números divulgados pela AGA não incluem cassinos tribais, que relatam sua renda separadamente, mas a expectativa é de resultados igualmente positivos.

Entretanto, nem todas as regiões que têm cassinos em operação estão testemunhando níveis altos de crescimento. Em Atlantic City, por exemplo, a receita do cassino pessoal ainda não se recuperou para os níveis pré-pandemia.

“Os consumidores continuam buscando opções de entretenimento de jogos em números recordes”, disse Bill Miller, presidente e CEO da associação. Ele disse que o forte desempenho para começar 2022 veio “apesar dos contínuos ventos contrários das restrições da cadeia de suprimentos, escassez de mão de obra e o impacto da inflação crescente”.

RELATÓRIO ANUAL DOS ESTADOS

A American Gaming Association também divulgou no mesmo dia o relatório anual de Situação dos Estados, em que examina o desempenho do jogo em todo o país.

Conforme relatado anteriormente, a receita nacional de cassinos atingiu um recorde histórico em 2021 em US$ 53,03 bilhões, um aumento de 21% em relação ao melhor ano anterior, 2019, antes da pandemia.

O relatório, porém, inclui novos detalhes. Entre eles estão os valores de impostos de jogos de azar pagos aos estados. Os cassinos comerciais pagaram um recorde de US$ 11,69 bilhões em receita direta de impostos de jogos de azar aos governos estaduais e locais em 2021. Isso representa um aumento de 75% em relação a 2020 e 15% em relação a 2019. Segundo a associação, nestes valores não estão incluídos bilhões a mais pago em renda, vendas e outros impostos.