Cassinos de Detroit geram US$ 108 mi de receita

Cassino
Cassinos de Detroit geram US$ 108 mi de receita

Cassinos de Detroit geram US$ 108 mi de receita

Os números divulgados na última terça-feira (13) pelo Michigan Gaming Control Board revelaram que os três cassinos que operam em Detroit tiveram uma receita conjunta de US$ 108 milhões em junho.

Ao longo do mês passado, por conta da pandemia, os cassinos passaram a maior parte do tempo funcionando com a capacidade reduzida. Os cassinos MGM Grand Detroit, MotorCity Casino Hotel e Greektown Casino tiveram as restrições suspensas em 22 de junho. Foi a primeira vez desde o início de 2020 que os cassinos foram autorizados a operar em plena capacidade.

Os valores divulgados pelo relatório mensal não incluem as receitas dos jogos de aposta e apostas esportivas, que são divulgados separadamente. O relatório contempla apenas as receitas relacionadas a jogos de mesa, caça-níqueis e apostas esportivas do varejo.

Observando o desempenho individual de cada cassino da região e sua respectiva fatia de mercado, o MGM ficou com 44% do mercado enquanto o MotorCity's e o Greektown's ficaram com 35% e 21%, respectivamente.

Os números, como era de se esperar, foram afetados pela pandemia. Os jogos de mesa e slots nos três casinos geraram US$ 105,8 milhões em receitas, o que representou uma queda de 2% em comparação com maio. Fechados em junho de 2020 devido à pandemia, os cassios registraram em junho do ano anterior US$ 117,5 milhões em receitas de jogos de mesa e slots.

O MGM, que tem a maior fatia de mercado, obteve US$ 46,3 milhões em receitas, o MotorCity reportou US$ 37,2 milhões e Greektown US$ 22,3 milhões.

Juntos, os três cassinos pagaram um total de US$ 8,6 milhões em impostos sobre jogos para o estado, e para a cidade pagaram US$ 12,6 milhões em impostos referentes a apostas e pagamentos de acordos de desenvolvimento.

Relacionadas