Massachusetts revive controversas taxas de apostas

Apostas Esportivas
Massachusetts revive controversas taxas de apostas esportivas

Massachusetts revive controversas taxas de apostas

A Câmara dos Deputados de Massachusetts reviveu a controvérsia sobre a inclusão de disposições de "integridade" na legislação de apostas esportivas.

A versão da Câmara de um projeto de lei para impulsionar a recuperação econômica através da pandemia inclui uma proposta para legalizar as apostas esportivas. Mas o projeto propõe que 1% da receita bruta obtida com as apostas esportivas em eventos no estado seja entregue aos proprietários dos locais de hospedagem.

Em maio de 2018, a Suprema Corte dos EUA anulou a Lei de Proteção ao Esporte Profissional e Amador, permitindo que estados individuais passassem estatutos para legalizar o jogo esportivo em seus próprios territórios.

Os donos dos locais logo começaram a fazer lobby para que os estados direcionassem uma parcela da receita, argumentando que as apostas licenciadas significavam que teriam que investir na execução de medidas extras para preservar a integridade dos resultados dos jogos.

Tais pedidos caíram amplamente em ouvidos surdos, mas Massachusetts reviveu a ideia no atual projeto de lei apresentado pela Câmara dos Deputados. 

Os New England Patriots, que se beneficiariam da provisão desde que o estádio é de propriedade privada, negaram ter feito lobby pela inclusão da taxa de integridade no projeto. Um porta-voz disse: “Nem a equipe nem a liga pediram essa taxa de integridade”.

Fonte: Focus Gaming News 

Relacionadas