Copa do Catar deve gerar US$ 35 bilhões em apostas

Copa do Catar deve gerar US$ 35 bilhões em apostas

De acordo com o Barclays, a Copa do Mundo de 2022, que está sendo disputada no Catar, vai gerar US$ 35 bilhões em apostas esportivas, um salto de 65% em relação ao Mundial de 2018, na Rússia.

Analistas do banco comentaram que o aumento de volume está relacionado, especialmente, a dois pontos: a pandemia da Covid-19, que despertou ainda mais o interesse das pessoas por jogos de azar, e o fato de que a Copa está sendo disputado no fim do outo no europeu, quando mais pessoas ficam em casa, por causa do frio, e menos pessoas estão de férias em comparação ao meio do ano, quando as Copas do Mundo costumam ser disputadas.

Até agora, os resultados dos jogos no Catar têm sido “marginalmente favoráveis ao operador”, observou o banco, lembrando ainda que, no início da Copa, muitos jogos terminaram empatados, o que o geralmente beneficia os compiladores de probabilidades, já que a maioria dos apostadores tende a apostar na vitória de um time ou de outro.

Ainda segundo o Barclays, os clientes de casas de apostas licenciadas apostarão cerca de US$ 400 milhões em cada partida da fase de grupos, US$ 1 bilhão por cada jogo a partir das oitavas de final e US$ 2,5 bilhões só na grande decisão.