Casas de aposta encerrarão acordos com La Liga

Apostas Esportivas
Casas de aposta terão que encerrar com La Liga

Casas de aposta encerrarão acordos com La Liga

O ministro do consumo da Espanha, Alberto Garzón, enviou um e-mail aos clubes da LaLiga para que eles encerrem os contratos com as Casas de aposta ao final da temporada 20/21. O governo espanhol vem avisando os times há meses que uma nova regulamentação dos patrocínios por empresas de apostas estava a caminho e que o decreto real seria aprovado, mas os clubes continuaram assinando novos acordos. O decreto, que abrange todos os esportes na Espanha, impacta os acordos de patrocínio de qualquer tipo, sejam eles de marca visual ou simplesmente direitos associados.

Os clubes podem perder até €80 milhões, caso tenham que cumprir essa nova regulamentação. A lei será aprovada e entrará em vigor, portanto deverá afetar a temporada que começou em setembro.

Sete das 20 equipes da primeira divisão da La Liga têm acordos de patrocínio com empresas de jogos de azar. Estes são Alavés (Betway), Cádiz (Dafabet), Granada (Winamax), Levante (Betway), Real Betis (Betway), Sevilla (MarathonBet) e Valencia (Bwin). Na segunda divisão, Girona e Leganés têm as respectivas parcerias principais com a MarathonBet e Betway. La Liga também tem seu próprio vínculo com a Sportium.

O setor de apostas gera para a economia espanhola 1,9 bilhões de euros em impostos e ocupa 48 000 postos de trabalho. Ainda assim, malefícios da prática, sobretudo nas gerações jovens, são uma grande preocupação das autoridades e da sociedade espanhola.

As parcerias de clubes com casas de apostas têm se tornado algo muito comum no futebol. Inclusive no Brasil esses patrocínios tem ganhado cada vez mais espaço. O Brasileirão de 2019 terminou com 13 das 20 equipes estampando marcas do ramo em suas camisas.

Relacionadas